Quem não gosta de usar uma camisa branca, ou melhor, quem não tem esta peça guringa no guarda roupa? Pensando nesta peça conhecida nos quatro cantos do mundo, resolvi escrever um pouco sobre a história dela, ecomo surgiu a famosa camisa que usamos até hoje…

A camisa é de origem egípicia e à Kalasiris, que era uma vestimenta reta, costurada dos lados, com abertura somente para passar a cabeça. Já na época do império romano, esta peça ganhou mangas, e foi denominada de túnica manicata.

Ele age evitando inflamações cutâneas e atuando na flexibilidade e estrutura da pele. Isso faz com que o aspecto de casca de laranja melhore. Tudo isso você terá com o Revital. Conheça os detalhes clicando no link.

Esta manicata era usada com cintos e foi usada durante toda a idade média, tanto por homens como por mulheres… A manicata era usada a noite como “roupa de baixo” e aos poucos ela foi ganhando espaço, e passando a servir como “roupa de cima”. Assim, no final da idade média, a camisa já era conhecida por todas as pessoas.

Com o passar dos anos, a camisa virou símbolo de status, sendo valorizada pela qualidade dos tecidos, bordados e brancura, que era maculada pelo suor do trabalho. Os nobres usavam camisas impecavelmente brancas com golas sempre altas, erguidas. Somente em 1853, passou-se a usar a gola virada para baixo. Por muito tempo, a camisa branca identificava hierarquia social, tanto é que no século XIX, os nobres era difernciados dos operários em função dos seus colarinhos – colarinho branco (nobres) e colarinho azul (operários). Sacaram agora o porque do nome de crime do colarinho branco??? hehehe.

Já no final do século XX, a camisa era ítem em quase todos os guarda roupas femininos, e ganhava padronagens e estampas diferenciadas, como listras, xadrez, flores, enfim, uma gama diferenciada que se conhece até hoje. A camisa além de uma peça curinga, é associada a profissionalismo, personalidade marcante e segura, e ao poder!!!

A camisa é uma peça tão universal que veste bem homens e mulheres, independente de idade. Um exemplo é Olivia Palermo usando um terninho preto básico com uma camisa branca no auge dos seus vinte e poucos anos e no mesmo estilo a atriz Cristiane Torloni usando o mesmo estilo de roupa… Fica claro com estas fotos que ela fica bem para todas as idades, e tudo é uma questão de como você vai usar a sua camisa, da produção que vai fazer com ela, pois justamente por ser uma pessoa universal, ela vai bem com tudo!

Numa versão mais modernosa, com legging, camisa para fora e um maxi blazer!

Gostaram de saber um pouco mais sobre a história da camisa? É interessante, porque muitas vezes usamos uma peça, ela vira “ícone” de moda, e nem sequer sabemos um pouco do que vem por trás dela, de como ela virou este ícone…